Amazon abre 200 vagas no Brasil, mas diz que não há candidatos qualificados

Segundo o presidente do comércio virtual e também do streaming, Alex Szapiro, perfil da mão de obra brasileira não satisfaz.
A Amazon, gigante americana do comércio eletrônico, que desde janeiro de 2019 vem investindo pesado na venda on-line de uma infinidade de produtos do seu próprio estoque – mais de 120 mil, de fraldas a itens para pets, além de livros –, aponta dificuldade de contratação rápida de trabalhadores como um grande obstáculo ao avanço da operação no país.
”Temos mais de 200 posições em aberto”, disse o presidente da Amazon no Brasil, Alex Szapiro. A afirmação ganha relevância no momento em que há no país quase 12 milhões de desempregados. Em suas operações brasileiras, a empresa emprega, entre contratados diretos e indiretos, mais de 2 mil pessoas.

Ler a íntegra na plataforma original

Captura: Biosferatech
Fonte: Correio Braziliense, 13 mar. 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *